Marta quebra recorde e classifica o Brasil para as oitavas da Copa do Mundo

O Brasil bateu a Itália por 1 a 0 nesta terça-feira, em Valenciennes, na França, pela terceira rodada do grupo C da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2019. O único gol da partida foi marcado por Marta, de pênalti; com ele, a brasileira se tornou a maior artilheira entre homens e mulheres de todas as Copas do Mundo, com 17 gols, ultrapassando o alemão Klose. Mesmo com a vitória, a seleção se classificou em terceiro lugar, atrás da própria Itália e da Austrália, e deve enfrentar a seleção francesa, uma das favoritas, já nas oitavas de final.

Com mais posse de bola no primeiro tempo, as brasileiras ameaçaram apenas duas vezes, com Debinha exigindo boa defesa da goleira Giuliani e com Marta acertando o travessão em uma tentativa de gol olímpico. Do outro lado, a Itália aproveitou os espaços da defesa brasileira para assustar a seleção nos contra-ataques. Na principal chance da etapa inicial, aos 39 minutos, a goleira Bárbara impediu o gol de Bonansea, que apareceu sozinha na pequena área para completar cruzamento vindo da direita.

Contentes com o empate, as italianas escolheram se fechar no segundo tempo, o que colaborou para

Na vice-liderança da chave, a seleção de Vadão precisa de um empate para garantir vaga na próxima fase. Entretanto, como as brasileiras tem quatro gols a menos que as italianas no saldo e a Austrália, mesmo com dois atrás no critério, enfrenta a fraca Jamaica, só uma goleada livra o Brasil de passar em terceiro e enfrentar uma das favoritas, como França e Alemanha, já nas oitavas de final. A equipe tem dois desfalques: Formiga, suspensa por cartões amarelos, e Andressa Alves, que está fora da Copa com uma lesão na coxa.

18/06/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)